Salte a conteúdo principal

Hitachi

Inovação Social

Mais agilidade e segurança no processamento de dados bancários

Exigências impostas por novas regulamentações do Banco Central desafiaram o Banco de Brasília (BRB) a aumentar a disponibilidade de seus ambientes de virtualização de dados

A arquitetura inovadora da Hitachi Vantara transforma uma demanda regulatória em benefícios múltiplos para as operações do BRB, colaboradores e clientes, com solução baseada em tecnologia VMWare.

Apresentação

O Banco Brasília S.A., (conhecido como BRB por seu nome antigo “Banco Regional de Brasília”), tem por acionista majoritário é o Governo do Distrito Federal. Foi criado em 1964 com o intuito de que o governo contasse com um agente financeiro para captar os recursos necessários para o desenvolvimento da região. Em 1991, transformou-se em banco múltiplo com as seguintes carteiras: comercial, câmbio, desenvolvimento e imobiliária. A principal área de atuação do BRB é Brasília, onde detém as contas de todos os funcionários do Governo do Distrito Federal.

Por conta das exigências da nova regulamentação do Banco Central, relacionadas à era digital, o BRB precisou melhorar a disponibilidade do ambiente de virtualização de dados.

Histórico

Desafio

Atualizar-se às novas disposições do Banco Central do Brasil e, ao mesmo tempo, melhorar o acesso aos dados por parte de clientes e colaboradores.

BRB

O BRB dispõe de 122 pontos de atendimento espalhados por 6 capitais, 797 terminais de autoatendimento próprios, e mais de 45 mil terminais de autoatendimento compartilhados distribuídos por todo o Brasil. Somado a isso o BRB também dispõe do Banknet e do aplicativo BRB Mobile, que permitem ao cliente utilizar os serviços do banco de forma on-line em qualquer horário e lugar.

O desafio era projetar um software de última geração que acessasse os dados em velocidade máxima, com o objetivo de proporcionar um suporte mais amplo, ágil e seguro aos clientes BRB, além de aumentar a produtividade de seus colaboradores. Para liderar o projeto, o BRB selecionou a Hitachi Vantara, juntamente com a VWware.

A Hitachi Vantara tem um legado e uma história em ajudar empresas em sua transformação digital, com seu conceito de Inovação Social. Sua experiência em soluções e sistemas de armazenamento de dados com um substancial retorno sobre o investimento (ROI) e um impacto palpável nos negócios, fez dela o parceiro ideal para acompanhar o BRB em seu desafio.



Projeto

A infraestrutura anterior do BRB estava baseada no sistema de réplicas entre dois datacenters (ativo-passivo), deixando o processo mais inseguro e lento para operar com grande volume de acessos de clientes. Para chegar à melhor solução a ser adotada, o BRB e a Hitachi Vantara realizaram testes exaustivos, considerando todos os possíveis cenários de falhas, para garantir a alta disponibilidade do sistema.



Arquitetura única na América Latina com melhoria de 90% nos tempos de resposta

Depois de identificadas as necessidades e pontos de atenção do projeto, a Hitachi Vantara e o BRB projetaram uma arquitetura baseada em VMWare, a vMSC (vSphere Metro Storage Cluster), sustentada por um sistema GAD (Global Active Device), que une dois storages para criar um ambiente virtual (VSM), garantindo a alta disponibilidade, performance e segurança dos dados.

Solução

Com implementação que durou somente quatro meses, o ambiente de virtualização passou a operar como um cluster único, no qual os nós computacionais foram separados geograficamente, sem perda de performance, visto que todo processo de entradas e saídas (IO) de dados passou a ser realizado no datacenter local.

A arquitetura de vMSC (Metro Storage Cluster) foi implantada visando a alta disponibilidade do recurso storage para o ambiente virtualizado e aumento de performance com leitura de gravação local no datacenter de operação, sustentada pelo GAD – Global Active Device. É a única desse tipo na América Latina.




Resultado

Hoje, o BRB possui seu ambiente de virtualização operando com arquitetura 100% resiliente, referência de mercado. A nova solução movimenta aproximadamente 1500 servidores em até quatro minutos, reduzindo o tempo de abertura do sistema. Houve ainda, uma redução de 65% para 5% no consumo do link utilizado para a gravação e réplica dos dados do storage. A produtividade interna e planejamento de campanhas foram otimizadas, com a ampliação de 90% no nível de respostas dos servidores.

Em casos como o do BRB, com a solução construída em conjunto, os resultados beneficiam negócios e comunidade. Isso é Inovação Social.



Depoimentos

“A arquitetura proposta foi implementada em todo o ambiente de produção do BRB, de forma a reduzir a latência e garantir a alta disponibilidade de acesso aos dados, atendendo às regulamentações do Banco Central e melhorando a experiência do usuário e do funcionário.”

Edson Bispo, Diretor da Hitachi Vantara.

“A arquitetura proposta pela Hitachi Vantara e implantada pelo BRB (Banco de Brasília), nos garantiu tranquilidade, disponibilidade e performance do ambiente computacional, tornando o BRB a única empresa pública da América Latina com infraestrutura de alta disponibilidade de storage com GAD e Metro Storage Cluster em ambiente produtivo de missão crítica!

Bráulio Lourenço da Silva Júnior, Gerente de Núcleo Tecnológico do BRB.