Salte a conteúdo principal

Hitachi

Inovação Social

  • Vida & Economia
  • Dados Analíticos

População de Avaré e cidades vizinhas ganham mais precisão em diagnóstico por imagem com equipamento de ressonância magnética.

Apesar de todos os serviços oferecidos, a Santa Casa de Avaré ainda não possuía uma Unidade de Diagnóstico por Imagem (UDI). Com o crescimento da população, do município e das cidades vizinhas, a demanda por exames deste tipo aumentou. Isso motivou o hospital a construir uma UDI, tornando-se imprescindível a busca por um parceiro capaz de oferecer a melhor qualidade de imagem para os novos exames.

Visão Geral

  • Desafio
    Atender o maior número possível de pacientes, com agilidade, precisão e alta qualidade no diagnóstico por imagem
  • Resultado
    Expectativa de 66 exames por mês foi superada, e hospital realizou 200 exames em apenas 2 meses.

Histórico

Novo Setor de Diagnóstico por Imagem foi essencial para hospital ampliar sua operação, oferecendo diagnósticos precisos e tratamentos eficazes.

Hitachi Sistemas Médicos foi criteriosamente selecionada para fornecer o equipamento de ressonância magnética à nova UDI do hospital.

A Santa Casa de Misericórdia de Avaré é um hospital de extrema importância para Avaré e região. Com 168 leitos e 104 anos de história, o hospital possui hoje o nível oito na hierarquia hospitalar – o máximo que uma instituição de saúde desta categoria pode alcançar.

Avaré e municípios vizinhos.

A Santa Casa realiza procedimentos de alta complexidade, como tratamento de doenças cardíacas, estomacais, plásticas, vasculares, neurologia, cirurgias, entre outros, o que permite que auxilie o Sistema Único de Saúde (SUS) – o maior serviço de saúde pública no país –, tornando-se referência de qualidade na região.

Apesar de todos os serviços oferecidos, o hospital ainda não possuía uma Unidade de Diagnóstico por Imagem (UDI). Com a expansão da cidade e da população, a demanda por serviços desta natureza aumentou vertiginosamente. Isso levou a Santa Casa a inaugurar uma UDI, possibilitando detectar doenças com mais precisão e oferecer tratamentos mais eficazes, tanto para a população local quanto para as cidades ao redor de Avaré.

Neste vídeo: Dr. Ronaldo Abdala explica a importância do equipamento de ressonância para a população. (1:17)

Devido à tecnologia, precisão técnica, confiabilidade e qualidade, a Hitachi Sistemas Médicos do Brasil foi a empresa criteriosamente selecionada para fornecer o equipamento de ressonância magnética ao novo setor de diagnóstico por imagem do hospital.

Este estudo foi baseado em entrevista concedida pelo Dr. Ronaldo Abdala, radiologista e diretor responsável pela Unidade de Diagnóstico por Imagem da Santa Casa de Avaré.

Projeto

Atender o maior número possível de pacientes, com agilidade, precisão e alta qualidade no diagnóstico por imagem

UDI precisava suprir demanda de Avaré e cidades vizinhas.

Desafio tornava essencial a busca de equipamentos ágeis, confiáveis e que requisitassem o mínimo de manutenção e garantissem qualidade no diagnóstico por imagem.

Desafio tornava essencial a busca de equipamentos ágeis, confiáveis e que requisitassem o mínimo de manutenção e garantissem qualidade no diagnóstico por imagem.

Antes da inauguração da ala de ressonância magnética, a população de Avaré e região precisava viajar mais de 120 km para fazer exames de diagnóstico por imagem. Isso colocava a saúde dos pacientes em risco, pois que precisavam se locomover em UTIs móveis, sofrendo muitas vezes com a falta de conforto e segurança.

Para corrigir essa deficiência com o máximo de eficácia, a nova UDI da Santa Casa precisava de equipamentos de ressonância magnética de alta qualidade, confiabilidade, baixa manutenção, alta eficiência energética e que atendessem com rapidez o maior volume de pacientes possível, gerando imagens de exames em alta resolução para otimizar o diagnóstico médico.

Todas essas necessidades logo foram compartilhadas com a Hitachi Sistemas Médicos do Brasil, que apresentou uma solução para melhoria no diagnóstico por imagem que superou as expectativas da Santa Casa de Avaré.

Solução

Um aparelho de ressonância magnética inovador, capaz de gerar diagnósticos por imagem em apenas 30 minutos

Aparelho de ressonância magnética AIRIS II, da Hitachi Sistemas Médicos, supriu todas as necessidades da UDI da Santa Casa de Avaré.

A Santa Casa de Avaré foi apresentada ao equipamento AIRIS II, um aparelho de ressonância magnética aberto de baixo campo magnético e com design panorâmico fornecido pela Hitachi Sistemas Médicos do Brasil.

Devido à sua alta qualidade de imagens, o AIRIS II proporciona mais facilidade em diagnóstico por imagem de casos complexos e resultados muito mais precisos. Além disso, a máquina não necessita de resfriamento, nem de um espaço especial para ser acomodada.

A solução soou perfeita para as necessidade do hospital e logo foi adotada para equipar a nova Unidade de Diagnóstico por Imagem da Santa Casa de Avaré.

Aparelho de ressonância magnética realiza exames com toda capacidade, agilidade e alta confiabilidade.

Apesar de ser um aparelho de baixo campo magnético, o AIRIS II tem alta potência de gradientes, o que lhe permite realizar exames em prazos entre 30 e 40 minutos. Isso é um grande diferencial em comparação a máquinas similares de diagnóstico por imagem, pois dá ao hospital a vantagem de realizar muito mais exames em menos tempo.

O AIRIS II é fácil de manusear, contribuindo para a agilidade do operador e a rápida conclusão do exame. O espaço necessário para sua instalação é de apenas 30 metros quadrados, pois ele não exige sala de resfriamento, uma vez que seu imã é permanente, tornando o custo de manutenção extremamente irrisório.

Neste vídeo: demonstração do uso e da facilidade de manuseio do AIRIS II. (1:05)(1:26)

Versatilidade para realizar os mais diversos tipos de diagnóstico por imagem

O AIRIS II é um aparelho de ressonância magnética completo. Ele pode realizar exames para problemas de ossos, coluna vertebral, doenças musculares, coração (como angiografia), exames abdominais sem contraste, entre muitos outros.

Amigável a acompanhantes, idosos, crianças e portadores de necessidades especiais.

Por ser um aparelho de ressonância magnética, o AIRIS II é muito resistente e muito mais seguro para as pessoas com necessidades especiais. Também permite a presença de acompanhantes, facilitando a realização de exames em crianças e idosos.

Sua mesa apresenta movimento eletrônico em três direções, o que, ao longo do processo, proporciona muito mais conforto aos pacientes com dificuldades motoras.

Confira as principais características e especificações AIRIS II:

* Campo magnético vertical de 0,3 T;

* Abertura 42 cm;

* Vista frontal de 270 graus;

* Mesa eletrônica com movimentos em três direções;

* Imagem no isocentro;

* Baixo custo de manutenção;

* Gradiente 15 mT / m, e o desempenho de 30 T / m / s.

Resultado

Expectativa de 66 exames por mês foi superada, e hospital realizou 200 exames em apenas 2 meses

Mais qualidade de vida e melhoras significativas no sistema de saúde de Avaré.

Equipamento de ressonância magnética da Hitachi vem cumprindo seu papel no avanço social e infraestrutural da cidade.

A diretoria da Santa Casa de Avaré está muito satisfeita com a escolha do AIRIS II e com os benefícios agregados que ele vem trazendo à população.

Hoje, todos os habitantes de Avaré e os moradores dos 16 distritos ao redor podem utilizar os serviços diagnósticos do hospital, evitando que façam longas viagens em busca dessa infraestrutura em cidades maiores.

A nova UDI e os recursos avançados do AIRIS II trouxeram mais confiança aos médicos, que agora conseguem oferecer diagnósticos muito mais precisos, definindo qualquer tratamento ou procedimento para o paciente com total segurança.

Alta demanda por exames fomenta planos de expansão do hospital.

Quando inaugurou sua Unidade de Diagnóstico por Imagem, a Santa Casa de Avaré tinha a expectativa de realizar 66 exames por mês. Porém, em apenas dois meses, o hospital já superou esse número, concluindo cerca de 200 exames.

Tal demanda vem alimentando dia a dia a possibilidade da Santa Casa expandir sua UDI, implicando no investimento em mais equipamentos de ressonância magnética da Hitachi.

Neste vídeo: Dr. Ronaldo Abdala fala sobre os excelentes resultados que o equipamento de ressonância apresenta. (1:38)

Relembre as principais características que contribuíram para os resultados proporcionados pelo AIRIS II

* Oferece diagnóstico mais preciso.

* Executa exames em menos tempo (30-40 minutos).

* Realiza pelo menos 12 exames por dia.

* Produz imagens em alta resolução.

* Necessita de apenas 30 metros quadrados para instalação.

* Oferece excelente desempenho com baixo consumo de energia e baixo custo/incidência de manutenção.

* Leva tecnologia de um hospital modelo toda a população de Avaré e região.

* Estimula a ampliação da unidade com a aquisição de mais equipamentos.

Data de lançamento: Fevereiro de 2013
Soluções por: Hitachi Sistemas Médicos do Brasil